Pular conteúdo

Captura de conversas

Observar a vida dos outros não é apenas um elemento essencial na definição de nossas próprias identidades, mas também pode ser uma ótima faísca para a criatividade. Esta atividade foi inspirada em um post de blog de Russell Davies e é especificamente perfeita tanto para aprimorar suas habilidades de escuta e observação, quanto para transformar isso em uma saída diária no estilo documentário. Ah, e a propósito, ele adverte que esta atividade deve ser feita com um certo nível de sensibilidade em relação aos sujeitos que você está observando.

Conheça Human Centric Innovation

Um curso online interativo de 6 semanas que fornecerá as ferramentas essenciais para você entender a intenção e a motivação do comportamento humano, e assim inovar em seu negócio.

Saiba Mais

60-120 min

Período de tempo

2-40 pessoas

Tamanho do grupo

FLIP CHART / QUADRO BRANCO, CANETAS & CADERNOS

Materiais utilizados

Passo 1

Vá e sente-se em uma cafeteria ou lanchonete por uma hora.Tente encontrar um lugar que não esteja muito lotado e onde você consiga ouvir uma conversa que está acontecendo perto de onde você está sentado.

Se estiver se sentindo aventureiro, tente ir a um lugar que não seja o seu costumeiro (desculpe pelo trocadilho).

NOTAS DO FACILITADOR: Em sua iluminadora história sobre escutar sem ser percebido, o antropólogo John Locke argumenta que "nós humanos temos um desejo forte e contínuo de expor e vivenciar momentos privados na vida dos outros".


Passo 2

Escute as conversas alheias. Observe os padrões de fala e as preocupações das pessoas. Tente colocar suas observações no papel. Pode não ser uma boa ideia tornar isso muito óbvio. Não force, não pule de mesa em mesa em busca de uma escuta melhor; apenas absorva as conversas que surgirem no seu caminho. NOTAS DO FACILITADOR: Esta atividade deve ser feita com um certo nível de sensibilidade em relação aos indivíduos que você está observando.


Passo 3

Se estiver fazendo isso com sua equipe, tente transformar suas anotações em uma apresentação simples. Você também pode usar o que ouviu como uma oportunidade para treinar esta simples ferramenta de Design Centrado no Ser. Ao ouvir as conversas alheias, quais são suas observações e interpretações do que as pessoas estão dizendo? Como as necessidades reveladas nas conversas das pessoas podem ser transformadas em ideias e soluções?


Passo 4

Reflexão Dedique um tempo para refletir sobre o que surgiu. Ideias para reflexão (e crie as suas próprias): O que você vê? O que você sente? O que está emergindo? O que precisamos parar de fazer? O que precisamos começar a fazer? Até quando? O que mais?




Fontes e afins

O carrinho está vazio